Browsing: Blog do Porão

Marcio Jerry e clayton noleto

O Secretário Estadual de Infraestrutura Clayton Noleto, é quase unanimidade entre os Jornalistas e Blogueiros de Imperatriz, basta um movimento seu, imediatamente é noticia. Para cada ação de sua secretaria, é tirada no minimo 5 fotos das mais variadas poses do secretário, agora, o fato que vem chamando a atenção, os mesmos Jornalistas e Blogueiros que tanto prestigia Clayton Noleto, são praticamente os mesmos que hostilizam Márcio Jerry, o secretário de comunicação já não goza da mesma simpatia dos Imperatrizenses, até parece coisa encomendada.

Deu no Atual7

Salários vão de pouco mais de R$ 5 mil a quase R$ 19 mil. Há fantasma até na direção de setor que cuida da lotação da Casa

 

Assembleia legislativa

A farra com dinheiro público para o sustento de filhos e sobrinhos de desembargadores como funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, durante fevereiro de 2015 a junho de 2016, onerou os cofres do Poder Legislativo estadual quase R$ 1,2 milhão.

O dispêndio, que salta os olhos  não somente pelo valor, mas principalmente por cair no bolso de herdeiros de quem deveria guardar a lei, é resultado de levantamento do ATUAL7 em dados abertos da AL-MA, e cruzado com a lista de nomes e vencimentos de todos os parlamentantes e funcionários (efetivos, comissionados, contratados e requisitados) lotados na Casa.

Nelma Sarney / Telmo Mendes da Silva Filho

Entre os filhos da toga que recebem como fantasma está um irmão da desembargadora e ex-corregedora-geral de Justiça, Nelma Sarney. Lotado na AL-MA desde o dia 9 de fevereiro do ano passado, Telmo Mendes da Silva Filho ocupa o cargo em Comissão, Símbolo DAS-3, de Secretário Executivo, e recebe mensalmente R$ 5.548,80 (cinco mil, quinhentos e quarenta e oito reais e oitenta centavos). Ao todo, Telminho, como é mais conhecido o sobrinho de Nelma, já embolsou R$ 88.780,80 (oitenta e oito mil, setecentos e oitenta reais e oitenta centavos). Ele é lotado no gabinete do deputado Hemetério Weba.

Cleonice Freire / Themis Silva Freire

Apesar da crise que afeta o setor econômico de todo o país, quem também não foi afetada pela alta do desemprego foi a filha da desembargadora e ex-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Cleonice Freire. Themis Silva Freire foi nomeada na Casa no dia 10 de fevereiro de 2015, para o cargo em Comissão, Símbolo DANS-1 de Assessor Parlamentar. Com super salário de R$ 12.557,54 (doze mil, quinhentos e cinquenta e sete reais e cinquenta e quatro centavos), em apenas 16 meses de sinecura, Themis Freire já embolsou o total de R$ 200.920,64 (duzentos mil, novecentos e vinte reais e sessenta e quatro centavos).

Ela é lotada na Presidência da Casa, e pode ser considerada, pelo valor de seus vencimentos, a maior fantasma da AL-MA. Pelo menos da categoria filhos de desembargador, perdendo apenas para um sobrinho de outro magistrado, mostrado pela reportagem mais abaixo.

Jamil Gedeon / Mizzi Gomes Gedeon

Também ganhou um emprego fantasma na Assembleia a filha do desembargador e ex-presidente do TJ-MA, Jamil Gedeon. Nos quadros do Legislativo estadual desde o início de fevereiro de 2015, Mizzi Gomes Gedeon ocupa o cargo em Comissão, Símbolo DANS-1, de Assessor Parlamentar, recebendo mensalmente R$ 9.707,19 (nove mil, setecentos e sete reais e dezenove centavos). Ao todo, como 16 meses de funcionária fantasma do Poder Legislativo do Maranhão, Mizzi Gedeon embolsou o total de R$ 155.315,04 (cento e cinquenta e cinco reais, trezentos e quinze mil e quatro centavos). Mizzi também é lotada na Presidência da AL-MA, ou seja, também é fantasma direta do presidente Humberto Coutinho (PDT).

José Joaquim Figueiredo dos Anjos / Karlos Parabuçu Santos Figueiredo dos Anjos

Outro que tem um filho como funcionário fantasma na AL-MA é o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, também desde o 1º dia de fevereiro do ano passado. Karlos Parabuçu Santos Figueiredo dos Anjos ocupa o cargo em Comissão, Símbolo DANS-1, de Assessor Parlamentar, embolsando R$ 5.573,25 (cinco mil, quinhentos e setenta e três reais e vinte e cinco centavos). Com 16 meses de fantasma, Karlos Figueiredo dos Anjos comeu o total de R$ 89.127,00 (oitenta e nove mil, cento e vinte e sete reais).

Assim como a maioria dos fantasmas, o filho do desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos também é lotado na Presidência da Assembleia Legislativa.

Luiz Gonzaga de Almeida Filho / Luana de Saboia Almeida

Outra que recebe sem trabalhar, e pode ser considerada o maior simbolo da impunidade a quem pratica esse tipo de crime do Poder Legislativo do Maranhão, é a filha do juiz Luiz Gonzaga de Almeida Filho. Luana de Saboia Almeida, que é advogada, é lotada como diretora Adjunta de Recursos Humanos, Símbolo Isolado-1. Ou seja, é uma fantasma-chefe lotada no setor que é responsável justamente por cuidar dos funcionários da Casa. É uma fantasma que cuida de fantasmas. Por não trabalhar, Luana embolsa o salário de R$ 9.707,19 (nove mil, setecentos e sete reais e dezenove centavos).

Ao todo, como 16 meses de funcionária fantasma-chefe do Poder Legislativo do Maranhão, Luana Saboia embolsou o total de R$ 155.315,04 (cento e cinquenta e cinco reais, trezentos e quinze mil e quatro centavos). Como é diretora-ajunta, ela responde diretamente à Presidência da Casa.

Expedientes esporádicos

Se há a possibilidade de se apontar um funcionário meio fantasma, o desembargador Jorge Rachid e até o presidente do Poder Judiciário do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, podem ser considerados como pais desse tipo de cria.

Jorge Rachid / Jorge Rachid Mubarack Maluf Filho

Do primeiro, a AL-MA abriga o filho Jorge Rachid Mubarack Maluf Filho, nomeado para o cargo em Comissão Símbolo Isolado-1 de Subprocurador Judicial, desde fevereiro do ano passado. Para aparecer de vez em quando na Casa, Rachid Filho recebe religiosamente R$ 12.327,19 (doze mil, trezentos e vinte e sete reais e dezenove centavos), perfazendo o total de R$ 197.235,04 (cento e noventa e sete mil, duzentos e trinta e cinco reais e quatro centavos) embolsado de forma criminosa.

Cleones Cunha / Carlos Seabra de Carvalho Coelho

Já do segundo, Cleones Cunha, quem aparece vez por outra, mais para passear do que para trabalhar é o seu sobrinho, o advogado Carlos Seabra de Carvalho Coelho.  Nomeado para o cargo em Comissão Símbolo Isolado de Procurador Geral Adjunto da AL-MA, desde o 1º de fevereiro do ano de 2015, Carlos Seabra embolsa o salário de R$ 18.188,94 (dezoito mil, cento e oitenta e oito reais e noventa e quatro centavos). Ao todo, ele já levou em apenas 16 meses o total de R$ 291.023,04 (duzentos e noventa e um mil, vinte e três reais e quatro centavos).

Para encontrá-lo, é mais fácil ir em seu escritório de advocacia, onde também presta, coincidentemente, serviços para a Prefeitura de Caxias. O município é feudo eleitoral do presidente da Assembleia Legislativa, e atualmente ainda controlado pelo seu sobrinho, Léo Coutinho (PSB).

Ao todo, os filhos e o sobrinho da toga já meteram no bolso, de forma ilícita, o total de R$ 1.177.716,60 (hum milhão, cento e setenta e sete mil, setecentos e dezesseis reais e sessenta centavos).

Outro lado

Durante dois meses, o ATUAL7 tentou encontrar todos os fantasmas citados na reportagem em seus respectivos setores de lotação, mas nenhum foi localizado. Em uma das investigações, seguranças da Casa chegaram a expulsar o editor do blog do setor de Recursos Humanos da AL-MA.

O diretor de Comunicação Social da Assembleia, Carlos Alberto Ferreira, tem sido insistentemente procurado para esclarecer o abuso de autoridade dos seguranças, bem como comentar sobre a existência dos funcionários fantasmas, porém tem evitado receber a reportagem no Complexo de Comunicação da AL-MA e não respondido a nenhuma das várias mensagens enviadas.

Os contatos dos fantasmas também não foram fornecidos pelo diretor Carlos Alberto.

Pedro neiva de santana 6

No dia 5 de maio deste ano, o Governador Flávio Dino e o Prefeito Madeira assinaram ordem de serviço para a realização de obras e revitalização da iluminação pública da Avenida Pedro Neiva de Santana. A solenidade contou com a presença de várias autoridades, entre elas, o Prefeito Madeira, o Deputado do áudio-bomba e o Deputado Léo “Barrichello” Cunha. Passados quase 90 dias, nada ou praticamente nada foi feito, apenas muita propaganda, o nosso povo continua morrendo na “rodovia da morte”. Não se vê o Deputado do áudio-bomba, ou o Deputado Léo Cunha, cobrando a execução dessa obra. Essa tem sido a marca do governo comunista, muita festa, muita propaganda, muita enganação e pouca ação.

Imperatriz e Rui Porao

Imperatriz, Princesa do Tocantins, Rainha de toda essa região. Imperatriz, cidade que acolhe todos que aqui chegam, mãe protetora. Hoje minha querida cidade completa 164 anos de muita história, Imperatriz é uma cidade predestinada ao sucesso, mesmo não contando com ajuda politica, ela sempre consegue da a volta por cima. A construção da Rodovia Belém-Brasilia foi o primeiro grande impulso que a cidade sofreu, depois tivemos outro impulso que foi o desmatamento da região e a consequente venda e industrialização do produto. Serra Pelada contribuiu muito para o crescimento de nossa cidade, e o hoje vivemos uma nova era, que veio pra ficar, Imperatriz ta se transformando num polo universitário de excelência. Pessoas de várias partes do país estão vindo morar e estudar, precisamos dar condições a estas pessoas para que possam fincar moradias e criar raízes aqui. A nova gestão precisa ter essa sensibilidade, os olhos tem que estar voltados não mais para o futuro, e sim para o presente. A partir de Janeiro de 2017, Imperatriz terá alguém trabalhando para melhorar a qualidade de vida do seu povo e somente uma mulher sensível, capacitada e feliz, será capaz de transformar nossos sonhos em realidade. Parabéns bicha linda.

Deu no Correio Brasiliense:

Ratinho

O apresentador Carlos Alberto Massa, o Ratinho, do SBT, foi condenado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar uma multa de R$ 200 mil por manter trabalhadores em condição semelhante à escravidão em uma fazenda localizada em Limeira do Oeste, em Minas Gerais. A indenização por danos morais coletivos se deve, segundo a decisão judicial, à falta de fornecimento de material de proteção adequado ao ofício exercido pelos empregados e de espaço propício às refeições. Os contratados se alimentavam nos banheiros e nas lavouras, de acordo com o tribunal.

O comunicador também é acusado de aliciar, sem respeito às normas legais, pessoas da Bahia e do Maranhão. Em nota enviada pela assessoria e reproduzida pelo site G1, Ratinho disse não ser mais proprietário da fazenda desde 2010, admitiu ser réu na ação e frisou o fato de ter sido “excluído da condenação em segunda instância”. Ele teria sido isentado da condenação por trabalho análogo à escravidão e enquadrado por descumprir a concessão de tempo intrajornada na íntegra e o não fornecimento de equipamentos de proteção individual.

Ratinho já foi condenado, anteriormente, a pagar multa de R$ 1 milhão por danos morais em ação pública movida pelo Ministério Público do Trabalho de Uberlândia. “Não restam dúvidas da conduta praticada pelo empregador, causando prejuízo a certo grupo de trabalhadores”, registrou a ministra relatora do TST, Dora Maria da Costa. Carlos Massa é fornecedor de cana de açúcar na região.

Deu no Gilberto Léda:

Policia federal SEMA 1

Equipe de policiais dos Batalhões de Operações Policiais Especiais (BOPE) do Rio de Janeiro e de Brasília integram a força tarefa da Polícia Federal que desencadeou, na manhã de hoje (14), a Operação Hymenaea, de combate à extração e comercialização ilegal de madeira proveniente da Terra Indígena Caru e da Reserva Biológica do Gurupi, no Maranhão.

Desde cedo, agentes da PF estão na sede da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), cumprindo mandados de busca e apreensão. O titular da pasta, Marcelo Coelho, está sendo procurado pela polícia.

Os agentes chegaram a ir à sede da TV Difusora, onde ele daria uma entrevista. Mas o auxiliar do governo Flávio Dino (PCdoB) não estava lá. Havia cancelado a agenda antes (reveja).

Não há informações sobre se o secretário está envolvido com o esquema.

Segundo a PF, mais de 300 policiais federais, apoiados também por servidores do IBAMA e, estão dando cumprimento a 77 medidas judiciais, sendo 11 mandados de prisão preventiva, 10 mandados de prisão temporária, 56 mandados de busca e apreensão, bem como à suspensão da certificação de 44 empresas madeireiras, nas cidades de São Luís, Imperatriz, Buriticupu, Açailância, Zé Doca, Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Governador Nunes Freire, todas no estado do Maranhão. No Rio Grande do Norte: Tibau, Mossoró, Parnamirin e Natal, e em Capuí no estado do Ceará.

A organização criminosa atuava extraindo ilegalmente madeira das reservas indígenas. Esse material era “esquentado” por meio de documentação fraudulenta para o transporte e retirada das áreas protegidas. Um membro da quadrilha era o responsável por emitir documentos destinados a microempresas laranjas, cadastradas como construtoras em pequenas cidades no interior do Rio Grande do Norte. Essa manobra servia para desviar a madeira para receptadores em todo o Nordeste brasileiro.

Em tempo: a operação foi batizada de HYMENAEA em uma referência ao gênero de uma das espécies (Jatobá – hymenaea courbaril) que é ilegalmente explorada na Terra Indígena Caru e na Reserva Biológica do Gurupi.

Nota do Blog: Tem um Jatinho da Policia Federal no Aeroporto de Imperatriz

Policia federal SEMA 2

Jornal correio popular

Quem será o dono, ou os donos do Jornal Correio Popular? Uma coisa é certa, o Jornal veio para blindar o governo do estado. Toda critica que é feita ao governo ou a seus asseclas, o Jornal vem com uma baita defesa. A indicação do Vereador Adonilson como pretenso vice na chapa de Rosângela Curado, não esta sendo aceita pelo povo de Imperatriz, não é por duas ou três pessoas como o tal jornal escreveu, é o povo que não quer. Os partidos aliados ao projeto do PDT, estão se reunindo, alguns não aceitam o comunista como vice. O Vereador João Silva que é filiado ao PRB também não é favorável ao comunista, na verdade, duas ou três pessoas é que são favoráveis. Jornal já esta sendo chamado de CHAPA BRANCA.

Estrada do arroz 3

Qual estrada do arroz que o governo do estado vai inaugurar? Porque se for essa de Imperatriz a Cidelândia, ainda ta quase toda por fazer. A Licitação foi feita de Imperatriz a Cidelândia, como a obra tava demorando muito, a Suzano fez 14 kms, mas avisou o governo que a vida útil desse trecho seria de no máximo 2 anos. O governo ficou de fazer a obra, inclusive refazendo esse trecho de 14 kms. Acontece que o novo governo, iniciou exatamente a partir desse trecho feito pela Suzano, e fez somente até o Povoado de Coquelândia, vai ficar faltando um trecho grande, que vai até Cidelândia. Então meus caros amigos, a pergunta é pertinente, qual estrada do arroz que vai ser inaugurada? Outro detalhe não menos importante, esse trecho de 14 kms, foi feito pela SUZANO e não pelo governo do estado, é bom os deputados acompanharem a prestação de contas.

Adauto baratão
Na noite desta segunda-feira, 11/7, o pré candidato a prefeito de Cidelândia-MA, Adauto do Baratão (PSDB), reuniu em sua residência os pré candidatos a vereador e apoiadores de campanha numa grande reunião, oportunidade que falou dos seus projetos de governo para o município.
Todos os presentes declararam apoio ao pré candidato que a cada dia conquista mais adesões. Estava estampado na cara das pessoas a confiança em Adauto do Baratão.

1 134 135 136 137 138 155