Monthly Archives: dezembro, 2017

Secretário esqueceu de fazer os banheiros e com isso é obrigado a alugar banheiros quimicos

O Secretário Estadual de Infraestrutura Clayton Noleto, esqueceu de fazer os banheiros da nova beira rio, com isso, o estado foi obrigado a improvisar banheiros químicos para que as pessoas pudessem fazer suas necessidades, durante a inauguração como também nos eventos que estão tendo por lá. O Jornalista Raimundo Roma, mostrou em seu programa, a insatisfação das pessoas com relação aos banheiros químicos. Não estão dando manutenção nos banheiros químicos, os vizinhos e os mototaxistas, estão reclamando do mal cheiro. A posição que foi colocado os banheiros, tirou toda a visão do rio. Passados esses dias festivos, haverá banheiros químicos na beira-rio? O custo desses banheiros, será bancado pelo município ou pelo estado? Todo esse transtorno é pela falta de construção dos benditos banheiros. Uma obra orçada em cerca de R$ 3 milhões de reais e que acabou ficando em mais de R$ 10 milhões, mesmo estregando uma obra inferior ao projeto apresentado.

 

Deu na Folha de São Paulo – Três anos depois de a família Sarney deixar o governo do Maranhão, o Estado ainda se depara com uma realidade estigmatizante de pobreza e corrupção.

Pesquisa do IBGE de dezembro mostrou que o Maranhão foi a única unidade federativa em que mais da metade (52%) da população viveu em situação de pobreza em 2016.

A recessão que abateu a economia nacional foi mais severa no Estado, onde o PIB despencou 8% no acumulado de 2015 e 2016, de acordo com o dados do governo maranhense. A extrema pobreza avançou lá em quase 2% nos últimos três anos, como no restante do Nordeste.

O governador Flávio Dino (PCdoB) disse que a expectativa é crescer até 3% em 2017 e 4% em 2018, com a pujança do agronegócio.

“O que tentamos colocar no lugar do patrimonialismo e hiperconcentração de riqueza que herdamos é uma economia mais forte e diversificada, que tenha políticas sociais capazes de distribuir a renda e que haja probidade e honestidade na gestão do dinheiro público”, afirmou Dino.

No cenário de encolhimento da economia, a corrupção continua a drenar recursos públicos.

Símbolo dessa realidade, a cidade natal de José Sarney, Pinheiro, derrotou o aliado da família do ex-presidente, Filuca Mendes (MDB), e elegeu Luciano Genésio (Avante, ex-PTdoB) prefeito em 2016.

Logo nos dois primeiros meses de sua gestão, porém, foi identificada uma situação insólita pela Controladoria-Geral da União.

O pai, o irmão e o primo da mulher de Genésio receberam R$ 535 mil de salário do sistema municipal de saúde sem que o vínculo de cada um deles com as unidades tivesse sido comprovado em todos os casos.

O irmão da primeira-dama recebeu de Pinheiro R$ 182 mil no período. O primo dela, R$ 162 mil. “Além de ter recebido por serviços prestados no Samu e não ter vínculo com o estabelecimento”, anotou a CGU, o primo dela possui outros quatro contratos, um em Pinheiro, dois em Peri Mirim (MA) e outro em Mirinzal (MA), totalizando 94 horas semanais, quase 19 horas diárias de trabalho.

O sogro do prefeito, sozinho, recebeu no período R$ 191 mil correspondente ao trabalho não demonstrado como médico em quarto unidades de saúde de Pinheiro.

Acontece que ele vem a ser vice-prefeito de outra cidade a 380 quilômetros dali, Chapadinha, que também o remunera pela suposta carga de 30 horas semanais (6 horas diárias) em outra unidade de saúde local.

Da mesma forma, o município de Brejo, distante 450 quilômetros de Pinheiro, o remunera pelas supostas 30 horas de trabalho semanal (6 horas diárias) como médico do sistema municipal.

“No Maranhão, no que tange às dificuldades no combate à corrupção, devem ser destacados o elevado grau de dependência do governo federal e as características socioeconômicas do Estado”, disse a CGU.

Mãe Dinah tem sido uma grande parceira do Blog, tudo que ela tem tido, tem acontecido. Ela disse que Madeira iria enfrentar dias sombrios, exatamente por não prestigiar seus aliados. O Blog acabou de saber que o suplente de vereador Julio Mourão, fechou com o delegado-prefeito. Julio teve 1.468 votos e mesmo assim foi desprezado pelo mandacaru. Zesiel Ribeiro que já esta fechado com o Alcaide, deverá assumir uma secretaria no município até Março, abrindo vaga na câmara municipal para o suplente Ricardo Matos, outro também que vai abandonar Madeira, e vai pro grupo do Alcaide. No fechamento dessa postagem, Mãe Dinah fez uma revelação bombástica, essa é pra acabar com o cabecinha de sola. O ex vereador Cabo J. Ribamar é outro que ta de malas prontas pra ir pro grupo do delegado-prefeito, bastando apenas alguns arremates, que estão sendo feitos pelo Vereador Zesiel Ribeiro. Como se vê, Madeira ficará no PSDB apenas com Elson Araujo e Zilda Reis.

Esses são os ungidos do Alcaide

Uma fonte fidedigna garantiu ao Blog, que o prefeito-honesto já escolheu seus candidatos, pra deputado estadual será o vice prefeito, Pastor Alex e o cunhado, Marco Simão. Pra federal o delegado-prefeito vai arriscar ser desmoralizado apoiando um forasteiro, o jabuti trepado, João Marcelo, filho do senador 90% honesto. Se ele quiser da uma boa votação principalmente para os candidatos a estadual, vai ter que cair em campo com os dois, o voto é conquistado, é preciso que os torne conhecidos, principalmente nos bairros. As lideranças politicas e comunitárias, precisam estar juntas no mesmo projeto, dividir o apoio dos secretários é muito importante, esse negocio de deixar solto não funciona, eles tem que entrar de corpo e alma juntamente com os servidores de sua pasta. Se fizer assim, poderá garantir uma boa votação, do contrário passará vergonha.

Literalmente os ambulantes tomaram conta da beira rio, até os estacionamentos já estão sendo ocupados. A GAMBIARRA mal foi inaugurada e já ta parecendo o camelódromo da Praça Tiradentes. Lógico que as pessoas precisam trabalhar, isso é louvável, mas é preciso que a prefeitura urgentemente organize eles, faça o cadastro e padronize as barracas. Se deixar pra tirar mais na frente, será uma tarefa impossível e o numero certamente será bem maior.

O delegado-prefeito ta mais perdido que cego em tiroteio, de manhã ele diz algo, a tarde já muda tudo. No programa do PMDB na televisão, ele disse que Roseana Sarney foi quem fez as obras que o Governador Flávio Dino, praticamente acabou de inaugurar em Imperatriz. Longe dos “bigodes” ele se perde todo, ontem na beira rio, ele disse que Flávio Dino tem trabalhado muito na cidade. Será se ele vai apoiar os dois? É por isso que os filiados do PMDB não gostam dele, acham ele parecido com nota de três reais. Veja os dois videos:

Quando se fala em pagamento de salários, o prefeito-honesto diz que não tem dinheiro. Ta fechando oito escolas pra economizar, mas pra festas tem dinheiro sobrando. Ele vai gastar somente com o cantor Léo Magalhães, R$ 190 mil reais, pra fazer o réveillon na beira rio, e ainda terá várias atrações que também serão pagas. Escola não é importante, festa é imprescindível.

A Licitação de Medicamentos prevista pra acontecer dia 03 de Janeiro, até o momento o edital 115/2017, ainda não se encontra a disposição dos interessados no site da prefeitura. A Lei 10520/2002, em seu artigo 4º, Inciso V, diz que o edital terá que esta disponível, no minimo 8 dias uteis anterior a data de abertura dos envelopes. A contar a partir de hoje, só da 7 dias, a prefeitura terá que adiar o certame, sob pena de denuncia no Ministério Público Federal. Nota-se, que o prefeito-honesto esta tendo muitas dificuldades em atender os princípios que norteiam o processo licitatório, na licitação de medicamentos, a mesma já aconteceu duas vezes, e foram canceladas por conterem vícios, inclusive, o próprio Ministério Público Federal recomendou que em cinco dias fosse cancelada a primeira licitação. O Blog denunciou que a segunda licitação estava direcionada para uma empresa do Piauí, a Dimensão Distribuidora de Medicamentos. Abaixo o print feito hoje no site da prefeitura as 10 horas da manhã.

Print feito hoje no site da prefeitura, as 10 horas da manhã

Foto acima é da GAMBIARRA, custou R$ 10 milhões de reais. Abaixo o projeto original, cerca de R$ 3 milhões de reais

O projeto original da beira rio, era um projeto que abrangia toda área com a ocupação dos espaços de forma harmônica e direcionada ao lazer das famílias. Esse projeto foi formalizado através de um processo licitatório, onde a Construtora Gomes Sodré, construtora essa que é a preferida do Secretário Clayton Noleto, sagrou-se vencedora. O valor da obra era cerca de R$ 3 milhões de reais, na época que o projeto foi apresentado, houve a contestação de várias pessoas com entendimento no assunto, eles achavam que o valor era muito alto. Pois bem, o Governador Flávio Dino descaracterizou todo o projeto, e acabou apenas aterrando a segunda lagoa e um grande cimentado foi jogado por cima. O espaço não contempla as famílias, não é arborizado, não tem equipamentos que possa interagir com as crianças, como também não tem nenhum banheiro. O espaço foi transformado em área de shows e cachaça. Mesmo sendo um projeto infinitamente inferior, a obra simplesmente custou aos cofres públicos, três vezes o valor do projeto original, cerca de R$ 10 milhões de reais, conforme foi dito no telejornal da DINOfusora. Uma obra vergonhosa, um valor absurdo, um governo mentiroso. O nobre Deputado Hildo Rocha, que vem acompanhando e denunciando obras escandalosas como essa, esperamos que ele possa fazer um levantamento dos custos dessa obra e se for o caso, denunciar os culpados. Na foto acima, a parte superior é a obra que esta sendo entregue, custou cerca de R$ 10 milhões de reais, e a parte inferior, e o projeto original, que foi orçado em cerca de R$ 3 milhões de reais. Abaixo o vídeo feito pelo governo do estado do projeto original:

1 2 3 4 5 10