Monthly Archives: novembro, 2017

O governo do estado terceirizou a saúde em Imperatriz, a administração é feita pela EMSERH – Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares. Essa empresa pra prestigiar um determinado deputado e logicamente onerar os cofres públicos, quarteirizou a contratação dos profissionais, através de uma empresa ligada a esse deputado. Os serviços que o município precisa, a quarteirizada contrata e a EMSERH, contrata a quarteirizada. Um serviço que poderia ficar na faixa de dois ou três mil reais, acaba saindo por mais de dez mil reais. Toda a contratação é feita sob indicação desse tal deputado. O Ministério Público Federal e a Policia Federal precisam investigar mais esse escândalo com o dinheiro publico, promovido pelos comunistas.

A empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda, solicitou ao Blog o direito de resposta com relação a postagem publicada no dia 13 de Novembro de 2017, (veja aqui), em que o Ministério Público pede a indisponibilidade dos bens do ex prefeito de São Francisco do Brejão, como também dos sócios dessa empresa. Veja abaixo o direito de resposta:

DIREITO DE RESPOSTA

JOÃO BATISTA DE PAIVA JUNIOR, Sócio – Administrador da Empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda, por meio de seus Advogados: Helhio Pereira Mendes, OAB/MA 15.025; Tallysson Ramos Nava Silva, OAB/MA 12.281 e Antonilson Sousa Silva, OAB/MA 15.010, vem, com fulcro no Art. 5º, V da Constituição Federal e do Art. 2º, Parágrafo 1º da Lei 13.188/2015 exercer o seu direito constitucional fundamental a resposta, sobre matéria publicada em 13/11/2017, em que o Ministério Público do Maranhão (MP/MA) requereu, em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, no dia 1º de novembro, a indisponibilidade dos bens de sete réus, entre eles, o Ex-Prefeito de São Francisco do Brejão, Alexandre Araújo dos Santos e o empresário João Batista de Paiva Júnior, Sócio-Administrador da empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda.

Sobre o contrato nº 0122/2012, do convenio nº 168/2011, Processo nº 21032/2011/SES em conformidade com todas as normas estabelecidas na Tomada de preço nº 017/2012 – CPL da Obra do Sistema de Abastecimento de Água na Vila Pitica em São Francisco do Brejão/MA. A Soloágua Construções e Perfurações Ltda se vê na obrigação de trazer à população a realidade dos fatos inverídicos publicados a respeito da empresa e de seu administrador, pois as informações publicadas agridem frontalmente a imagem da empresa que há tantos anos executa obras de excelência no Maranhão e em outros Estados da Federação, sempre velando pelo bem estar daqueles que se beneficiam com os projetos realizados pela empresa e pela integridade com que desempenha todos os seus empreendimentos.

A empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda foi contratada pelo valor de R$ 411.690,74 (quatrocentos e onze mil, seiscentos e noventa reais e setenta e quatro centavos), para executar obras do respectivo convênio, cujo andamento encontra-se paralisado, dentre outros motivos, pelo fato do convênio não ter sido aditivado, conforme cláusula sétima do contrato, pela Prefeitura Municipal de São Francisco do Brejão. Ressaltamos ainda, que durante o inicio dessa obra ocorreu uma ação inconseqüente de vândalos que “Obstruíram” o 1º (primeiro) poço perfurado pela empresa, jogando objetos em seu interior e inviabilizando a conclusão do mesmo, tendo a empresa por esse motivo, ter que Perfurar um 2º (segundo) poço tubular, consequentemente atrasando o cronograma de execução da obra.

A empresa recebeu 2 (duas) parcelas do convênio correspondendo ao valor de R$ 304.648,45 (trezentos e quatro mil, seiscentos e quarenta e oito reais e quarenta e cinco centavos), referentes à execução de 74% dos serviços realizados e não apenas 36,85% como diz a matéria. Tudo com a devida inspeção da Fiscalização da Engenharia do Município, e a Prestação de contas entregues nos setores competentes e aprovadas pelos órgãos da Gestão Municipal.

Restando para a Conclusão da obra a execução da Subestação, da Rede de Distribuição e as Ligações Domiciliares do Sistema de Abastecimento de Água que correspondem apenas a 26% da obra. Não sendo executados, justamente por não haver disponibilidade de recursos na Conta Convênio da Prefeitura ou Órgão Gestor que garantisse o pagamento da Empresa a fim de concluir os serviços.

O próprio Ministério Público reconhece que, em 20 de dezembro de 2012, foram transferidos R$ 120.325,39 (cento e vinte mil, trezentos e vinte e cinco reais e trinta e nove centavos) das contas bancárias do convênio a um beneficiário desconhecido. Montante este que supera o valor de R$ 107.042,29 (cento e sete mil, quarenta e dois reais e vinte e nove centavos) que deveriam ser repassados à empresa para conclusão da obra, mais que por motivos que a empresa desconhece, não estavam mais disponíveis para que a Obra fosse efetivamente Concluída e Entregue.

E com relação à suposta irregularidade constatada em agosto e setembro de 2016, pelas perícias realizadas pelo Instituto de Criminalística de Imperatriz (ICRIM) nas obras paradas desde 2012, que afirmam terem constatado uma diferença de 177m entre as profundidades previstas para os poços (300 m) e as de fato perfuradas (123m).  A empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda, lembra que o poço foi perfurado em 2012, com vistorias e documentos que comprovam a profundidade contratada de (300m) atingida e que não pode garantir que em tanto tempo de paralisação da obra por motivos que não competem a empresa, o poço não tenha sofrido ações de vândalos, tal como sofreu o 1º (primeiro) poço que foi “Obstruído”.

Por fim, a empresa Soloágua Construções e Perfurações Ltda, vem a publico ressaltar que repudia qualquer ato de ilegalidade praticado contra a Administração Pública e/ou contra sociedade e que se coloca a disposição das autoridades Judiciais e da População, através dos Órgãos de Comunicação, para o total esclarecimento de qualquer dúvida sobre os fatos que envolvem a respectiva obra.

 

 

 

                        IMPERATRIZ/MA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017.

A coluna da Mônica Bergamo da Jornal Folha de São Paulo, informou que o PT, PDT e PSOL, pediram a cassação da TV Globo por causa do escândalo da Fifa. Veja abaixo a íntegra da matéria:

O PT está apresentando uma representação ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) em que acusa o Grupo Globo de ter ferido a lei de Defesa da Concorrência no caso Fifa. Assinam o documento também o PDT e o PSOL.

As legendas acionaram ainda a PGR (Procuradoria-Geral da República) para a investigação de eventuais crimes e pediram ao Ministério da Ciência e Tecnologia que casse a concessão da TV, por supostamente infringir a Lei Geral de Telecomunicações.

A empresa foi acusada de pagar propina de US$ 15 milhões, junto com a mexicana Televisa, pelos direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030. O valor garantiria os direitos de TV, rádio e internet para os eventos esportivos e teria sido depositado no banco Julius Bär, na Suíça.

As acusações foram feitas por um delator, o argentino Alejandro Burzaco, uma das principais testemunhas no julgamento do ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) José Maria Marin, que está ocorrendoem Nova York no escândalo de corrupção da Fifa.

A TV Globo afirma que não pode “comentar sobre o que não fomos notificados ou oficialmente informados. Mas aproveitamos para reafirmar o que já dissemos, que o Grupo Globo não pratica nem tolera qualquer tipo de propina e está sempre à disposição das autoridades”.

Em nota divulgada quando o escândalo veio a público, o grupo afirmou que, após “mais de dois anos de investigação” feita nos EUA, a empresa “não é parte nos processos que correm na Justiça americana”.

O grupo disse ainda que conduziu “amplas investigações internas” desde que o escândalo da Fifa foi revelado, em 2015. Nelas, ainda segundo o comunicado, foi apurado que o Grupo Globo “jamais realizou pagamentos que não os previstos no contrato”.

Prefeito Domingos Dutra inaugurando uma placa de PARE

Em nosso país os políticos não querem trabalhar pelo povo, eles querem é aparecer e meter as mãos na cumbuca. Já tivemos inauguração de quebra molas, inauguração de orelhões. Aqui em Imperatriz o governo do estado e o então Prefeito Madeira, inauguraram a reforma de uma rampa de Skate. Quando parecia que nada de mais absurdo pudesse acontecer, o Prefeito de Paço do Lumiar Domingos Dutra, consegue fazer pior, ele e a sua trupe, inauguraram com foguetes, uma placa de PARE. Ta “serto” prefeito e o povo ainda tem coragem de votar em políticos iguais a esses.

 

Inaugurações de quebra molas e orelhões

A turma do governo do estado e Madeira, inaugurando a reforma da rampa de Skate, isso pode Arnaldo???

O empresário Antonio Nogueira, proprietário da Quality Serviços Médicos Ltda, uma das empresas alvo da Operação Pegadores, disse em seu depoimento à Polícia Federal, que dinheiro da Saúde foi utilizado para o pagamento de funcionários fantasmas e pessoas que não prestavam serviços na saúde. Ele também disse que a empresa foi criada a pedido do cunhado de Mariano de Castro Silva, que era assessor especial da Rede de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde. A Policia Federal também encontrou notas fiscais atestadas por Rosângela Curado. Ora, se um cunhado de um assessor tinha forças pra abrir empresas fantasmas e se a secretária adjunto tinha poderes pra atestar notas fiscais é só a Policia Federal descobrir quem deu tais poderes a eles. Foi o motorista? Não, motorista não tem poder pra isso, foi peixe grande. Todo pagamento pra ser feito tem que ter a autorização do secretário, do controlador e do tesoureiro. Outro detalhe importante, é preciso rastrear o dinheiro que caiu nas contas das empresas de fachadas e vê pra onde eles foram, aí sim, aparecerá os ratos e os tubarões, por enquanto só as piabas estão presas.

As contas do ex presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda, referente apenas ao ano de 2010, foram julgadas irregulares pelo pleno do TCE – Tribunal de Contas do Estado em 14 de Novembro de 2016 (veja aqui). Hamilton Miranda recorreu e ontem (20), o pleno julgou o embargo interposto pelo Edil e decidiu por unanimidade manter a condenação. O TCE deu 15 dias para que Hamilton Miranda devolva aos cofres públicos, cerca de R$ 3 milhões de reais, caso não seja pago, o TCE  em cinco dias após o trânsito em julgado, encaminhará cópias dos autos à Procuradoria Geral de Justiça, acompanhada do presente relatório e voto, desta decisão e sua respectiva publicação no Diário Oficial Eletrônico deste Tribunal, para as providências cabíveis sejam tomadas. Hamilton Miranda ainda tem mais 5 prestações de contas pra serem analisadas. Veja abaixo a íntegra da decisão:

A Executiva Estadual do PDT se solidariza com a companheira de partido, Rosângela Curado, e com sua família. Entendemos que as investigações devem ocorrer sempre que for necessário dirimir dúvidas e acreditamos que ela conseguirá dar as respostas necessárias ao inquérito. No entanto, consideramos a prisão temporária, assim como sua prorrogação, uma medida excessiva, uma vez que Rosângela Curado não exerce mais cargo na Secretaria de Saúde, não tem ingerência sobre os funcionários e demonstrou comportamento amplamente colaborativo, respondendo todos os questionamentos formulados pela autoridade policial, embora ciente de seu direito constitucional ao silencio, de modo a não se constituir – de forma alguma – em ameaça ao curso normal da investigação. Continuaremos prestando a ela o apoio que é marca da unidade do PDT e aguardamos o melhor desfecho possível.

A batida com essa camionete tipo pau de arara, resultou na morte de m aluno

A Promotora Paloma Ribeiro Gonçalves de Pinho Reis, abriu através da Portaria 17/2017-PJMA, procedimento administrativo para apurar as condições que é realizado o transporte escolar de Montes Altos. Ela requisitou o processo licitatório, quer vê a relação dos veículos que fazem esse transporte, se é próprio ou alugado, controle de abastecimento desses veículos, registro junto aos órgãos estadual. Realmente se faz necessário essa investigação, já houve briga entre motorista e pai de aluno, ambos com facões nas mãos e na frente das crianças, como também houve um acidente que resultou na morte de um estudante.

O Secretário de Infraestrutura Clayton Noleto, tem sido presença constantes nas redes sociais, infelizmente de forma negativa. O tão propagado programa do governo o MAIS ASFALTO, tem sido duramente criticado por não ta conseguindo atingir seus objetivos. A péssima qualidade do asfalto tem sido uma constante em quase todas as rodovias, o famoso asfalto sonrisal colado com grude, tem acabado logo. Segundo relatório anual da CNT – Confederação Nacional dos Transportes, 96% das rodovias Maranhenses estão em péssimas condições de trafegabilidade. Vejam só a Rodovia MA-280 que liga Governador Edison Lobão a Montes Altos, o governo do estado fez a recuperação dessa MA, e dois anos depois, os buracos voltaram com força total, foram gastos mais de R$ 2,5 milhões de reais, dinheiro jogado no mato.

Lene Rodrigues é esposa de Marcio Jerry e Chefe de Gabinete do governador

O governo do estado tem tentado de todas as formas atribuir ao governo passado essa operação da Policia Federal, mas as evidências são claras, desde conversa gravada do Secretário de Saúde Carlos Lula com um dono de um instituto, até relacionamento intimo da enfermeira com o Secretário Adjunto de Márcio Jerry, inclusive essa enfermeira foi o inicio de toda investigação. Fotos comprovam o grau de amizade que o dono da “sorveteria” tinha com pessoas influentes do governo, segundo o relatório da Policia Federal, a cunhada do super, hyper, mega Secretário Márcio Jerry, a técnica de enfermagem Lenijane Rodrigues da Silva Lima, era quem controlava o envio das listas de pagamentos de pessoal que permitia a consumação dos pagamentos ilícitos investigados. Então Doutor Flávio Dino, embale que o Mateus é seu.

Marcio Jerry e sua cunhada

1 2 3 4 5 8