Monthly Archives: Abril, 2017

Essa é a mais nova sensação da cidade, o Piscinão de RAMOS. Fica bem ao lado do Posto de Saúde Milton Lopes. Aqui você se refresca e ainda corre o risco de pegar uma DENGUE, ZIKA ou CHIKUNGUNYA, confira as fotos desse novo point da cidade, dizem que essa nova modalidade de lazer, é a sensação no Piaui:

A cidade de Praia Norte no Tocantins esta conectada com Imperatriz, a união dessas cidades vai muito além do mesmo rio que as cortam. Esta havendo um intercâmbio entre essas duas cidades, pessoas daqui estão $$ investindo $$ lá, e de lá aqui, é o que se pode chamar de CHUMBO TROCADO. O Blog vai até esse novo eldorado do Tocantins fazer alguns levantamentos que serão postados posteriormente.

O Secretário Municipal de Regularização Fundiária, Alcemir da Conceição Costa, perdeu a oportunidade de ficar calado. O secretário no afã de bajular o seu patrão e garantir a manutenção do seu gordo salário de R$ 14.800,00 reais, acabou proferindo palavras de baixo calão em um grupo de Whatsapp ao se referir a esse Blogueiro. Alcemir disse que nunca botei o RABO em uma cadeira pra estudar e que pra ser diretor do Socorrão não precisa ser médico. Primeiro quero dizer para o senhor, que sou Bacharel em Direito, curso o qual o senhor acabou de entrar. As palavras usadas pelo senhor são improprias para qualquer cidadão, principalmente para um servidor público com cargo elevado como o seu. Não disse em momento algum que o cargo é privativo de MÉDICOS, tenho dito que a Lei Municipal nº 1558/2014 restringe o cargo aos PROFISSIONAIS DA SAÚDE. O senhor deveria deixar de babar o prefeito e procurar saber quem são aqueles considerados profissionais da saúde. Pelo linguajar usado pelo secretário, da pra perceber porque o prefeito ta tão mal assessorado. Secretário, veja abaixo a Lei Municipal que regulamenta o cargo de diretor geral do Hospital Socorrão, veja também a resolução do Conselho Nacional de Saúde dizendo quem são aqueles considerados PROFISSIONAIS DA SAÚDE:

 

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE
RESOLUÇÃO N.º 218, DE 06 DE MARÇO DE 1997
 O Plenário do Conselho Nacional de Saúde em Sexagésima Terceira Reunião Ordinária, realizada no dia 05 e 06 de março de 1997, no uso de suas competências regimentais e atribuições conferidas pela Lei n.º 8.080, de 19 de setembro de 1990, e pela Lei n.º 8.142, de 28 de dezembro de 1990, considerando que:
  • a 8ª Conferência Nacional de Saúde concebeu a saúde como “direito de todos e dever do Estado” e ampliou a compreensão da relação saúde/doença como decorrência de vida e trabalho, bem como do acesso igualitário de todos aos serviços de promoção e recuperação da saúde, colando como uma das questões fundamentais a integralidade da atenção à saúde e a participação social;
  • a 10ª CNS reafirmou a necessidade de consolidar o Sistema Único de Saúde, com todos os seus princípios e objetivos;
  • a importância da ação interdisciplinar no âmbito da saúde; e
  • o reconhecimento da imprescindibilidade das ações realizadas pelos diferentes profissionais de nível superior constitue um avanço no que tange á concepção de saúde e a à integralidade da atenção.
RESOLVE:
 I – Reconhecer como profissionais de saúde de nível superior as seguintes categorias:
  1. Assistentes Sociais
  2. Biólogos;
  3. Profissionais de Educação Física;
  4. Enfermeiros;
  5. Farmacêuticos;
  6. Fisioterapeutas;
  7. Fonoaudiólogos;
  8. Médicos;
  9. Médicos Veterinários;
  10. Nutricionistas;
  11. Odontólogos;
  12. Psicólogos; e
  13. Terapeutas Ocupacionais.
II – Com referência aos itens 1, 2 e 9 a caracterização como profissional de saúde dever ater-se a dispositivos legais do Ministério da Educação e do Desporto, Ministério do Trabalho e aos Conselhos dessas categorias.
CARLOS CÉSAR S. DE ALBUQUERQUE
Presidente do Conselho Nacional de Saúde
Homologo a Resolução n.º 218, de 06 de março  de 1997, nos termos de Decreto de Delegação de Competência de 12 de novembro de 1991.
CARLOS CÉSAR S. DE ALBUQUERQUE
Ministro de Estado da Saúde

O Governador Flávio Dino muda de discurso como muda de roupa, ele que sempre pousou como o “pai da honestidade”, bastou seu nome ser incluído no maior esquema de corrupção da história do pais, pra ele mudar totalmente o seu discurso, hoje ele é a favor que as forças politicas encontrem uma saída pra aquilo que ele chamou de caos institucional. Ora governador, só tem uma saída, cadeia para aqueles que forem culpados. O ex-juiz e advogado Márlon Reis, que foi um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, tem feito criticas duras ao governador. Márlon disse em sua pagina no Twitter, que os corruptos querem abafar a lava jato pra salvar suas peles.

O Governo de Assis Ramos realmente é um governo do povo, mas o povo deles, não o nosso povo sofrido. Os “amigos” estão sendo nomeados com altos salários, enquanto que o servidor concursado, aquele que bate cartão todos os dias, teve seu ganho diminuído pela metade. Temos ainda aqueles que sem nenhuma qualificação pro cargo, ainda é capaz de empregar a família, é o caso do ex vereador Fidélis Uchôa, que hoje ocupa o cargo de secretário de planejamento com um gordo, R$ 14.800,00 reais. Fidélis conseguiu emplacar sua esposa, mas depois da denuncia feita pelo Blog, o nome dela desapareceu, mas como é amigo do peito do prefeitão, ele conseguiu emplacar o seu sobrinho, Rannyele Portacia da Silva Uchôa como Chefe de Setor na SEDES. O povo continua esperando que a Promotora Dra Nahyma faça alguma coisa.

Uma pergunta que ta tomando conta do meio politico, quem é Flávio Henrique Cardoso Matos? As pessoas tem me procurado pra saber quem é esse rapaz, qual é a sua função. O Blog entrou em contato com alguns colaboradores, mas nenhum deles também sabem quem é o dito cujo. Então montamos uma força tarefa e fomos atrás, uma postagem completa será feita posteriormente, mas posso adiantar o que esta no portal da transparência, ele esta lotado no Gabinete do Prefeito, o cargo de Flávio é de arrepiar, ele é Chefe do Escritório de Relações Institucionais, (existe esse cargo?) ganhando o mesmo que um secretário, R$ 14.800,00 reais. Anote esse nome você vai ouvir muito falar dele, ele é o “cara” do governo, tudo, tudinho mesmo vai passar por ele. É isso ai prefeitão, para os amigos tudo, para os servidores nada, até as gratificações o senhor cortou.

O povo ta esperando que o prefeito se encontre e organize nossa cidade, mas de forma planejada e principalmente com respeito aos nossos cidadãos. Hoje o Secretario de Planejamento, o competente Fidélis Uchôa, tirou os ambulantes que vendem frutas na Praça de Fátima, um deles acabou sendo preso e teve carrinho cheio de frutas apreendido, a prefeitura levou tudo que ele tinha. Por que não os notificou dando um prazo para os mesmos deixarem a praça? Nenhum deles estão ali porque querem, então ali porque o desemprego ta grande, estão ali porque tem famílias pra cuidarem. Prefeito Assis Ramos, se o senhor quer que o povo se revolte contra o seu governo, continue assim, esse é o caminho. Veja abaixo o vídeo no momento em que o veiculo da secretaria leva o carrinho do ambulante:

Por Gilberto Léda – Pesquisa eleitoral para o Governo do Maranhão realizada antes do surgimento do nome do governador Flávio Dino (PCdoB) na Lista de Fachin na Lava Jato apontava pequena vantagem do comunista sobre sua principal adversária nas eleições de 2018, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Os dados que começaram a circular hoje (17), a partir do Blog do Diego Emir, são:

Flávio Dino – 31%
Roseana Sarney – 27%
Roberto Rocha – 11%
Márlon Reis – 9%
Maura Jorge – 4%
Não Sabe/Branco/Nulo – 18%

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 10 de abril de 2017. Flávio Dino apareceu na Lava Jato no dia 11 do mesmo mês.

Não há indicação de margem de erro, nem a quantidade de entrevistas. A consulta foi realizada pela Perfil Pesquisa de Opinião, empresa registrada no interior de São Paulo.

Veja os prints de algumas postagens onde o Secretário Particular do Prefeito Assis Ramos, Ivan Pantera, ofende as pessoas de nossa cidade. O “prefeito honesto” ta pagando com dinheiro publico, R$ 8 mil reais pra essa rapaz passar o dia nas redes sociais ofendendo as pessoas, principalmente as mulheres. No print acima, Ivan chama uma senhora de MULECA e de CORNA FULEIRA, o prefeito não tem feito nada para acabar de vez com essa pouca vergonha, a impressão que a cidade tem, é que algo muito forte existe por trás dessa proteção. Cadê as entidades de proteção à mulher? O Ministério Publico precisa fazer alguma coisa, por enquanto ta só na ofensa.

Prefeito nenhum consegue administrar uma cidade sem o apoio da Câmara Municipal. Em Imperatriz o Prefeito Assis Ramos da a entender que não precisa e não quer os vereadores lhe ajudando na administração da cidade, essa é a impressão que as pessoas estão tendo. Assis não tem nenhuma experiência em administração publica, se cercou de pessoas com o conhecimento menor que o dele. Assis não é capaz de fazer gestos para o Poder Legislativo, pelo contrário, esta pagando com dinheiro publico R$ 8 mil reais para o seu assessor particular ficar em pleno horário de trabalho nas redes sociais atacando a honra de homens e mulheres de nossa cidade, com um linguajar nunca visto antes. Assis esta assistindo de camarote ele atacando os vereadores, Ivan Pantera gravou um áudio dizendo que esses são os piores vereadores do século, e que eles ficam atrás do prefeito pedindo cargos. Ivan teve a audácia de peitar o Presidente do Poder Legislativo, ele disse que José Carlos fala bobagem e eguagem. Até agora, Assis não teve coragem de fazer nada contra esse rapaz, é como se houvesse um pacto de sangue entre os dois, ele prefere ter os vereadores contra do que demitir esse moço. A cidade toda é testemunha que a Câmara não tem medido esforços para ajudar o prefeito, tudo que ele pede, de imediato os Edis acatam.

Semana que vem o Presidente José Carlos vai na TV Difusora da uma entrevista, pelo que se tem ouvido na cidade através das redes sociais, pode esperar que “Pé de Pato” vai engrossar o discurso, ele vai começar a cobrar ações do prefeito, inclusive vai sugerir aos seus pares a abertura de Comissão Processante para apurar denuncias que começam a pipocar. Acabou o tempo de espera, é preciso que o prefeito deixe de querer bancar o delegado, hoje ele é prefeito, não prende mais ninguém, ele sim, por deslizes de algum assessor pode acabar entrando em cana.

1 2 3 4 6